“Acredite em si próprio e chegará um dia em que os outros não terão outra escolha senão acreditar com você.”

Cynthia Kersey
repair-and-treat-damaged-hair

20/06/2019

Para ter um cabelo perfeito

Para ter um cabelo perfeito, digno de comercial de shampoo não é fácil. Isso porque tudo pode influenciar: o clima, a alimentação, a temperatura do banho e até fatores genéticos. Por isso é necessário manter constantemente alguns cuidados básicos para evitar enfraquecimento, quedas e desnutrição dos fios.

As raízes do cabelo estão diretamente ligadas ao sangue que faz a transmissão dos nutrientes necessários. O couro cabeludo também depende muito do sistema nervoso e é constituído principalmente por tecido muscular, queratina, óleos, proteínas e silício. A maioria dos aminoácidos é produzida pelo próprio organismo. Já os chamados aminoácidos essenciais não têm produção no corpo humano, por isso, devem ser obtidos a partir da alimentação correta ou suplementação alimentar.

Uma dieta equilibrada é fundamental. A carência de vitaminas e minerais pode gerar a perda do aspecto saudável da pele e dos cabelos, já que os nutrientes adquiridos na alimentação também são vitais para uma saúde dos fios. Mas não é nada muito fora do comum: frutas, verduras, frutas secas, produtos lácteos, peixes e beber uma boa quantidade de água ao dia. O básico para manter não só o cabelo saudável, como o corpo todo, certo?

 

Vitaminas essenciais para os fios

Presente em grandes quantidades em alimentos como feijão, nozes, soja e vegetais de folha verde escura, a vitamina E. Já a vitamina A, que ajuda a manter a força e hidratação natural dos fios, é encontrada em peixes, carnes, aves, espinafre, cenoura, ovos e produtos lácteos. Se os seus cabelos estão fracos e quebradiços, aposte na vitamina B8, B7 ou H, além das vitaminas A e E.

+ Saiba mais
Compartilhe:
0928_Centro-Nutricao-Celular_Artigo_Suprindo-as-deficiências-de-micronutrientes-após-Cirurgia-Bariátrica-SITE

13/06/2019

Cirurgia bariátrica: a importância da reposição de Vitaminas

É muito comum, no mundo inteiro, que pacientes obesos sejam submetidos à cirurgia bariátrica. É um procedimento cirúrgico que tem melhorias nos indicadores metabólicos, o que diminui os riscos cardiovasculares e de câncer.

A maior preocupação vem durante o pós-operatório, podendo existir várias deficiências, sendo essencial o controle delas. A principal deficiência é a protéica, a mais evidente, que varia conforme o tipo de cirurgia que foi realizada. Além disso, a deficiência de vitaminas é normal e precisa de um monitoramento constante. Os sintomas são, principalmente, sintomas visuais, pele e cabelo secos e prurido.

A deficiência de Vitamina D é muito comum após a realização da cirurgia. A de Vitamina E não é muito frequente e seus sintomas são ataxia, perda da sensação vibratória, fraqueza muscular e anemia hemolítica. A Vitamina K pode que não tenha muitas alterações, mas seu acompanhamento é importante, pois sua deficiência causa problemas de coagulação sanguínea. A Tiamina (Vitamina B1) pode ter uma deficiência bastante complicada, sendo necessário um tratamento com antibióticos. Os sintomas são náuseas e vômitos. As deficiências de Riboflavina e Niacina são raras e as manifestações são variadas, podendo ocorrer estomatite, dermatite e anemia. Nas cirurgias mais extensas, a deficiência do tipo Folato deve ser considera. E, por último, a deficiência da vitamina B12, que comumente ocorre.

Além disso, devemos lembrar do Zinco (antioxidante), do Ferro, sua deficiência é muito comum, e do Cobre, que sua deficiência produz sintomas hematológicos e alterações nutricionais, podendo aparecer após três anos da realização do procedimento cirúrgico.

Ou seja, cada sintoma sentido após a realização da cirurgia bariátrica, é possivelmente associado a uma deficiência nutricional que deve ser suprida. Por isso, acompanhamento médico é essencial.

+ Saiba mais
Compartilhe:
62564825_2394076223976665_5693060854010871808_n

12/06/2019

Vamos saber de onde surgiu essa data?

Bem no Brasil criou-se o Dia 12 Junho, já no resto do planeta a data é comemorada em fevereiro. Mas no Brasil, a data apresenta uma história de acordo com nossa cultura, bem diferente, pois está relacionada ao frei português Fernando de Bulhões (Santo Antônio). Esse Santo em especial, em suas pregações religiosas, pregava a importância do amor e do casamento, daí quando foi canonizado seus fiéis seguidores lhe deram a fama de “santo casamenteiro.

Ah…… tem a ver com aquele Santo que a gente coloca de cabeça para baixo?

 

Como somos muito criativos e temos muitas crenças, esse santo ganhou também muitas simpatias. É só acessar a internet para conhecer várias delas. Aqui só uma dica antes de você fazer a sua: o Santo Antônio tem que ser dado de presente por alguém de sua estima. Será? Quando o quesito é fé e crença quem somos nós para duvidar?

 

Desejamos a todos os amantes da data uma oportunidade de celebrar o amor, porque ele tudo pode, tudo cura, tudo move!

Feliz Dia dos Namorados!!

+ Saiba mais
Compartilhe: