salmon-dish-food-meal-46239

21/02/2017

3 grandes mitos sobre alimentação que você precisa conhecer

Se alimentar de forma saudável é algo que todos nós devemos fazer. E não adianta pegar pesado na academia, correr, praticar esportes, enfim, se exercitar com frequência, mas comer sem se importar com os alimentos ingeridos.

 

A alimentação é o fator principal quando falamos em saúde e boa forma. Porém, com a velocidade no compartilhamento de informações, além de não procurarem o auxílio de profissionais, as pessoas acabam acreditando em afirmações equivocadas. São os famosos “mitos”, e hoje vamos te apresentar três deles.

 

  1. Ficar sem comer emagrece

 

Na esperança de perder peso rapidamente, muita gente acaba ficando sem se alimentar por horas e até dias. Esse é um dos maiores mitos no que diz respeito à alimentação.

 

Ficar sem comer, além de não ajudar no emagrecimento, dificulta na eliminação de peso, já que o seu metabolismo fica mais lento. Para emagrecer, você deve comer a quantidade certa, levando em conta os nutrientes que o seu organismo precisa, várias vezes ao dia.

 

  1. Ovo aumenta o colesterol

 

Durante muito tempo o ovo foi considerado um alimento nocivo, já que contém 213 miligramas de colesterol em sua gema. Porém, vários estudos já tornaram essa ideia um mito. Eles comprovam que o alimento, além de não fazer mal à saúde, colabora com a memória, a capacidade cognitiva e ajuda a na formação de novos neurônios.

 

  1. Banana engorda

 

Existem frutas com menos calorias que a banana? Certamente! A maçã e o abacaxi, por exemplo, possuem em média 50 kcal, enquanto a “queridinha do Brasil” chega às 90 kcal.

 

Mesmo assim, a banana deve sim fazer parte da sua dieta diária. Ela possui uma combinação de fibras e carboidratos que saciam sua fome por mais tempo, fazendo com que você ingira menos alimentos e, consequentemente, emagreça.

 

Além disso, por ser uma fruta doce e suave, pode ajudar a matar aquela vontade de comer um docinho no meio da tarde.
Esses são apenas alguns dos mitos no que diz respeito à alimentação. Mas lembre-se! O ideal é sempre buscar a orientação de um nutricionista, afinal, cada organismo possui uma necessidade específica de nutrientes e vitaminas.


Deixe uma resposta

Compartilhe: