img_6245

13/09/2016

Seu filho está com dificuldade para dormir? Confira algumas dicas que vão te ajudar a fazer as crianças pegarem no sono

 

Para algumas famílias, fazer a criança dormir é um processo tranqüilo. Em compensação, para outras, nem contar carneirinhos resolve. Seja porque os bebês têm cólicas, seja por que a criança vai para a cama dos pais, ou ainda, quando a criança acorda várias vezes no meio da noite pedindo mamadeira. Nesse caso, o melhor a fazer é observar a criança e tentar identificar o que está atrapalhando o soninho dela. São vários motivos: agitação, fome, inquietude, medo ou ela simplesmente está querendo passar algum tempo extra com os pais e por isso luta a contra o sono.

 

Mas as crianças precisam de hábitos para dormir, por isso, uma dica que pode ajudar é estimular que os pequenos durmam sempre no mesmo quarto e na mesma hora. Isso faz com que a criança se sinta mais segura e pegue no sono mais rapidamente.Também é importante que cerca de duas horas antes de dormir, os pais comecem a diminuir a agitação da casa: vale desligar a TV, conversar mais baixo ou ainda desligar algumas luzes. Colocar uma playlist com músicas calmas pode ajudar a relaxar e facilitar o sono das crianças e também dos pais.

 

É importante lembrar sobre a alimentação noturna. Quando a criança está com a barriguinha muito cheia, inevitavelmente ela vai ficar mais inquieta, o que pode dificultar o sono. Então, antes de colocar a criança na cama para dormir é importante verificar se ela não está com fome ou com muito cheia. Assim como a agitação na casa, o jantar também deve ser servido duas horas antes do horário de dormir.

 

Leia para a criança
A maioria dos pequenos adora ouvir histórias. Quando o contador é o papai ou a mamãe, então, nem se fala! E se a história puder ser feita na cama da criança, melhor ainda. A dica para que o sono cheque tranquilo às crianças é contar histórias leves e que se aproximem do cotidiano dos pequenos.

 

Mesmo que nada disso resolva, mantenha a calma! Os pais podem experimentar a aromaterapia colocando 2 gotas de óleo de lavanda no travesseiro da criança e servir um pouquinho de suco de maracujá antes de deitar. Ambos possuem propriedades sedativas que ajudam a relaxar e são muito úteis para aliviar a agitação dos pequenos e garantir uma noite de sono maravilhosa.

 

+ Saiba mais
Compartilhe:
Melhores-formas-de-colocar-um-bebê-para-dormir

07/09/2016

Hora de dormir: como colocar seu filho no berço

 

Até as crianças mais calminhas pode sofrer com períodos de crise e agitação à noite. Estima-se que até 40% das crianças enfrentam dificuldades para dormir. Além disso, os recém-nascidos, naturalmente, precisam de um tempo que leva entre 15 a 30 minutos para entrar em sono profundo. E é só nesse momento que você pode colocá-lo no berço, tendo menos chance de acordar o pequenino. Se você acabou de dar a luz, não se desespere! Esse período é curto, já que as crianças entre três e quatro meses de vida levam somente de 5 a 10 minutos para entrar no sono profundo.

 

Para te ajudar a colocar o filhotinho no berço sem risco de acordá-lo, algumas dicas são importantes na hora de transferir o pequeno dos braços para a caminha:

 

  • A distância entre o lugar que ele está e o berço não pode ser muito grande. Se for o caso, evite caminhar com ele no colo. Ao invés disso, empurre o carrinho até o quarto dele, e só então o levante do carrinho. Se você andar muito, o risco da criança acordar é grande.
  • Cadeiras de balanço podem ser ótimas, mas na hora de levantar com o bebê é mais dificil porque faz barulho. Sente-se num lugar mais firme e na ponta do assento, de preferência.
  • O movimento de descida é que o causa a sensação ruim de inseurança na criança, por isso segure-o firme e faça movimentos lentos. Ao pousar o pequeno na caminha, deixe as mãos encostas nele por um instante, para não cortar o contato físico muito de repente.
  • Crianças podem se assustar fácil. Nesse caso, para estimular um sono sem interrupções,  coloque o seu filho enrolado, de barriga para cima, numa manta ou cueiro. Isso vai conter os movimentos, imitando o ambiente fechadinho do útero;

Dica para identificar o sono profundo da criança: Além de parar de se mexer, a respiração tende a ficar mais leve e os músculos mais relaxados. Quando a chupeta cair, o bracinho ficar molinho e a mãozinha se abrir, é o momento ideal para levar a criança para o berço.

+ Saiba mais
Compartilhe:
GAC_TheGoonies1

10/08/2016

Sessão pipoca: 5 filmes sobre amizade

 

Separamos uma lista de filmes fofos sobre amizade. Chama seus bests e assista todos!

 

Toy Story 3

 

Desde o primeiro filme da série o tema amizade é muito presente nas relações entre os brinquedos e seu dono, bem como entre os brinquedos, com suas diferenças e união. Lindo de ver!

 

 

 

Os Goonies

 

Um clássico da sessão da tarde com caça ao tesouro e união em torno de um problema financeiro que pode fazer diversas famílias perderem suas casas.

 

 

 

Quatro amigas e um jeans viajante

 

Quatro amigas de infância compartilham suas histórias, amor e um par de calça jeans enquanto cada uma delas passa férias em lugares diferentes.

 

 

 

 

As vantagens de ser invisível

 

Laços de amizade são capazes de superar tristezas e nos levar em frente.

 

 

 

Os intocáveis

 

A relação entre um paciente e seu enfermeiro acaba se tornando uma linda amizade.

 

 

+ Saiba mais
Compartilhe:
colegas

21/07/2016

Sessão pipoca: 5 filmes brasileiros

 

Hora de preparar a pipoca para conferir o que há de bom no cinema nacional. Separamos algumas indicações para você ver que o cinema nacional tem muito para oferecer!

 

Colegas

 

Tocante e sensível, esse filme brasileiro é o primeiro nacional com atores com síndrome de Down. Sua história é inspirada nos filmes de viagem “Thelma & Louise” e “Pequena Miss Sunshine”.  

 

 

Que Horas Ela Volta?

 

Mostra a relação de uma mãe que veio do nordeste para São Paulo para juntar dinheiro e mandar para criação de sua filha. Ao se tornar adolescente, a menina reencontra a mãe na cidade quando tenta o vestibular. O reencontro revive mágoas e cria conflitos.

 


Central do Brasil

 

Clássico nacional que garantiu a indicação de Fernanda Montenegro ao Oscar de Melhor Atriz mostra a história de amizade entre Dora e Josué.

 


Cidade de Deus

 


Outro clássico brasileiro com quatro indicações ao Oscar que retrata a vida nas favelas e seus personagens.

 


O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias

 

A história apresenta um de menino que lida com o luto da perda dos pais durante a Ditadura.

 

+ Saiba mais
Compartilhe:
baby-203048_1280

15/07/2016

Criação com apego

Uma nova safra de pais disposta a conhecer e se conectar de verdade com seus filhos. Esse é o sentimento que torna cada vez mais popular a criação com apego. Mas afinal, o que é esse tão assunto complexo?

 

Comece sabendo que a criação com apego é em sua essência um conjunto de ferramentas indicados para os pais que buscam uma conexão realmente próxima com seus filhos. É um consistente e amoroso atendimento das necessidades do bebê que deve ser estendido ao longo de toda a vida da criança. O que se espera com isso? O estímulo da empatia e compaixão como características desse novo indivíduo.

 

Embora seja vista como uma filosofia de vida, a criação com apego não tem preceitos fixos e os conceitos adotados variam de família para família. O certo é que por em prática esses ideais requer disponibilidade emocional dos pais, pois tudo começa no preparo para gestação e nascimento, seguindo com a criação. Logo de início se recomenda o parto natural por sua emoção e a proximidade que gera nos envolvidos.

 

Outro passo é a alimentação consciente que usa as refeições como momento de conexão. Isso deve acontecer desde a amamentação até o jantares e almoços no futuro para tornar essas oportunidades uma chance de unir verdadeiramente a família. Outros pontos comuns da criação são amamentação em livre demanda, cama compartilhada, respeito as birras e ser contra a aplicação de castigos como forma de educar.

 

Por tudo isso as respostas com sensibilidade são o grande diferencial da criação com apego. É necessário ser sensível ao bebê, demonstrando em gestos sua empatia e compaixão. Apesar de toda beleza do conceito, alguns pontos ainda causam confusão. Pessoas não familiares ao conceito costumam confundir essa proximidade com mimo, alegando que a criança ficará mimada.

 

O que você acha?

+ Saiba mais
Compartilhe:
Kress Blog - Como lidar com a morte de animal de estimação (ref. janeiro 2016) (versão final)

19/01/2016

Como lidar com a morte de animais de estimação

Infelizmente os animais de estimação vivem menos que os seres humanos, por isso é comum lidar com a situação de falecimento deles. Mesmo que seja comum, a situação é dolorosa e alguns passos podem ajudar nesse momento.

 

  • Destino correto. Após o falecimento do animal o correto é para um clinica veterinária. Evite enterrar seu animal por conta própria, pois você pode acabar contaminando o solo ou lençol freático do local escolhido. Uma clínica pode para cremação ou enterro, de acordo com as regras do município.
  • Fique de luto. São desenvolvidos laços de afeto que devem ser sentidos. O tempo de luto varia de pessoa para pessoa e não há regras para sofrimento.
  • Evite o sentimento de culpa. O fato de ser o responsável pelo animal as vezes pode deixar o impressão de que algo a mais poderia ter sido feito. Faça as pazes com sua consciência.
  • Guarde boas recordações, em fotos e na memória. No caso de animais cremados as cinzas podem ser usadas para plantar uma árvore ou outra planta.

 

+ Saiba mais
Compartilhe: