06/07/2016

Como treinar em academia de condomínio

 

A onda fitness está invadindo nossas casas, especialmente se você mora em prédio. A nova geração de condomínios tem apresentado o diferencial de ter uma academia, algo que pode facilitar muito a vida de quem busca uma vida mais saudável. Com uma academia em casa não existem mais desculpas para deixar o treino de lado, mas aqui vão alguns pontos para serem lembrados.

 

É indispensável pelo menos uma consultoria de um profissional de educação física. Caso o prédio não conte com um profissional, contratar um personal pode ser uma boa ideia. Se você já possui experiência em treinos a tarefa fica mais fácil e você pode usar os mesmos exercícios que faz na academia convencional.


Evite treinar sozinha, forme duplas ou sempre avise alguém que você está na academia. Isso pode ser útil para evitar acidentes ou ajudar na solução deles.

 

Algumas dicas são as mesmas das academias convencionais:

  • Faça exames médico antes de começar um temporada de treinos.
  • Tome água durantes os exercícios.
  • Use roupa adequadas para facilitar os movimentos.
  • Saiba usar os equipamentos.
  • Não exagere nos pesos e tempo de exercícios.

 

Tá pensando em montar uma academia no seu condomínio? Esse vídeo pode te ajudar a pensar no espaço e aparelhos necessários com um especialista.

 

+ Saiba mais
Compartilhe:

23/06/2016

Exercícios para fazer sem sair da cama

 

Já pensou fazer exercícios físicos antes mesmo de levantar? Isso é perfeitamente possível e uma boa pedida nesse frio. Separamos algumas dicas para você começar seu dia de uma maneira ainda melhor! Olha só.

 

Vamos começar com o básico, o alongamento. Para fazê-lo de maneira correta é preciso tirar o travesseiro de baixo da sua cabeça. Depois alterne movimentos de espreguiçar e de abraçar pernas e mãos. Sempre segure o movimento por 30 segundos.

 

destblog_alongamento_270415

 


A busca pelo tanquinho pode começar na cama. Pra fazer abdominal segure o travesseiro de maneira reta em frente ao tronco com os braços esticados. Mova o tronco encostando o travesseiro nos joelhos, sem tirar a lombar da cama. A cabeça não pode encostar na cama na execução do movimento que deve ser feito de 10 a 30 vezes. Uma variação são os exercícios para os oblíquos. Com a barriga para cima e o travesseiro do seu lado realize o movimento de pegar o travesseiro e colocá-lo do lado oposto. Repita isso com o tronco voltando para cama de 10 a 30 vezes.

 

Para o bumbum a dica é a ponte. Essa posição consiste em manter as costas na cama e levantar o quadril mantendo as pernas juntas. A cada 5 repetições você deve afastar um pouco mais os pés, repetindo a séries de 5 movimentos até atingir a abertura máxima das pernas.

 

exercicios-arrasar-cama01

 
Outra dica para os glúteos são os agachamentos na beira da cama. Com os pés bem apoiados no chão e alinhados com o quadril, sente e levante da cama de 10 à 20 vezes.

Se você é sedentário é melhor ir com calma para evitar lesões e esforços exagerados. Comece aos poucos e vá aumentando os exercícios gradualmente. No caso de dúvidas procure um profissional especializado.

+ Saiba mais
Compartilhe:

18/05/2016

Sem preguiça! Exercícios no inverno

Pode confessar que quando aquele friozinho aparece a vontade de fazer exercícios vai sumindo. Seja para ficar uns minutos a mais de baixo das cobertas pela manhã ou para voltar rapidinho para casa e os edredons no fim do expediente. Mas vamos lá, sem preguiça! Sua rotina de exercícios deve ser mantida, mas alguns cuidados devem ser adotados. Depois desse post você não terá mais desculpas. Toma aqui alguns fatos e dicas pra esse

A temperatura mais adequada para prática de exercícios é 20 graus. De fato as temperaturas menores atrapalham um pouco o corpo.

Pessoas com problemas cardíacos devem ter cuidados quando as temperaturas forem inferiores a 14 graus, devido a vasoconstrição que atrapalha a circulação do sangue, forçando o coração. O risco de infarto aumenta em 30%.

Uma boa dica é sair de casa bem agasalhado e tirar os casacos a medida que o exercício for ficando mais intenso e o corpo mais aquecido. Logo após o termino, coloque os casacos de novo para evitar choque térmico.

As roupas coladas são as mais indicadas e também as mais quentinhas, pois deixam pouco espaço para circulação de ar gelado entre a pele e o tecido.

O aquecimento antes dos exercícios tem sua importância redobrada, pois no frio nossa musculatura fica mais tensa e retraída. Dispensar o aquecimento pode levar a lesões.

Respire pelo nariz para aquecer o ar que entra nos seus pulmões e evitar assim infecções respiratórias.

+ Saiba mais
Compartilhe:

14/04/2016

Qual a melhor maneira de correr?

Vai começar a correr? Que bom! A corrida é um dos exercícios mais recomendados para perda de peso e por ser adaptável para os diversos tipos de condicionamento dos praticantes. É uma atividade que pode e deve começar de forma leve e gradual. Em seu desenvolvimento é preciso estar atento a sua pisada, respiração e postura, pois elas influenciam muito.

 

Confira os três tipos de pisada.

 

 

 

Agora é hora de conferir três dicas para melhorar a postura ao correr.

 

 

 

Não vai correr ao ar livre? É possível correr na esteira para não deixar a atividade de lado. Dá uma olhada no que essa digital influencer mostra sobre sua rotina de corrida na esteira.

 

https://www.youtube.com/watch?v=ERindxzeNj0

 

 

É bom lembrar que antes de qualquer atividade física é recomendável que você consulte um especialista e até mesmo seu médico. Pensou nisso tudo?

 

Boa corrida!

+ Saiba mais
Compartilhe:

29/03/2016

Bambolê é exercício?

Sim, é um excelente exercício e um boa chance de inovar um pouco nas atividades físicas. O bambolê está longe de ser uma novidade, surgiu lá no antigo Egito e foi muito usado na Inglaterra no século XIV. Nos anos 50 foi febre nos Estados Unidos e moda por aqui no Brasil entre as décadas de 80 e 90.

Dar uma bamboleada consome até 400 calorias, sendo um exercício aeróbico muito top. É importante fazer os movimentos de forma correta e conforme a evolução é possível trocar o bambolê por outros mais pesados. Isso ajuda ainda mais no gasto calórico, além de acelerar o processo de definição da cintura.

Vamos lá, é bem divertido, pode ser realizado em qualquer lugar, tanto interno como externo, deixa sua coluna mais flexível, ajuda na circulação sanguínea e melhora a coordenação motora. Mas chega de papo, hora de mexer a cintura!

Essa youtuber dá excelentes dicas de como começar. Confira!

 

 

Assista também a continuação da aula!

 

+ Saiba mais
Compartilhe:

21/03/2016

Exercícios localizados para bumbum

Independente da estação, o que a maioria das mulheres querem é um bumbum firme, seja para usar aquele biquíni ou simplesmente a calça jeans diária. Conseguir esse feito é algo que depende de muitos esforços. Algumas optam pela cirurgia que dificilmente fornecerá resultados como os de exercícios físicos. Seja por falta de dinheiro ou tempo, nem todo mundo pode ir à uma academia, então selecionamos algumas opções de exercícios que podem ser feitos em casa:

Abdução do quadril. Deite de lado e mantenha a perna semiflexionadas. A perna de baixo dará apoio. A perna de cima deve ser erguida ainda flexionada, sustentada no ar por um curto período e retornar a posição inicial sem movimentos bruscos. Faça 3 séries de 10 repetições.

1

Agachamento diferenciado. Ao contrário do tradicional, esse exige que você afaste as pernas ao seu máximo. O objetivo é que você utilize algum peso nas mãos, assim, ele será utilizado como referência para o centro do corpo. Afaste os pés a fim de formar um ângulo de 180 graus e maior que a largura do quadril. Simule o agachamento como se fosse sentar em um assento baixo.  Posicione o peso de referência entre as pernas. Agache até os joelhos formarem ângulos de 90 graus e então verifique se o peso se aproximou do solo. Eleve o tronco levemente e retorne à posição inicial. Faça esse exercício em 4 séries de 15 repetições.

bumbum5

Extensão de quadril com apoio nos joelhos. Pegue um apoio para segurar, mas não coloque seu peso nele, ele serve apenas para manter o equilíbrio. Mantenha uma perna estendida e outra bem flexionada para trás, se agache até meio caminho do chão e volte devagar. Faça 3 séries de 15 repetições para cada  perna.

2

Dicas importantes

É importante que você atente para as condições do local escolhido para os exercícios. Busque uma superfície plana e um ambiente agradável. Execute-os de forma calma, atente para a realização dos movimentos, para que não ocorra lesões e consequências às suas articulações. Respeite as recomendações e faça os exercícios em média 3 vezes por semana, em dias alterados para manter sua coluna saudável.

+ Saiba mais
Compartilhe: