01/04/2020

Covid-19, estudo aponta que vitamina D pode auxiliar na prevenção

A vitamina D pode ser uma grande aliada na prevenção ao novo coronavírus. É o que aponta um estudo da Universidade de Turim (Itália), divulgado no dia 26 de março, pelo jornal italiano La Repubblica. Grande parte das pessoas hospitalizadas por estarem infectadas pelo Covid-19 possuem carência de vitamina D. O documento mostra que a absorção desse nutriente não indica a cura da doença, mas pode auxiliar na redução dos fatores de risco. 

Os professores Giancarlo Isaia e Enzo Medico, responsáveis pela análise, recomendam o consumo de vitamina D para o combate à pandemia. “A compensação por essa ampla deficiência de vitamina pode ser alcançada principalmente expondo-se à luz do sol o máximo possível, mesmo em varandas e terraços, consumindo alimentos ricos em vitamina D e, sob supervisão médica, tomando medicamentos específicos”, afirmam os pesquisadores. 

Na Itália, a hipovitaminose D afeta fortemente os idosos neste período. Contudo, os cientistas recomendam que, além desse grupo, os médicos devem garantir os níveis adequados da vitamina às pessoas afetadas pelo vírus, direta ou indiretamente, àquelas mais frágeis e às que não se expõem ao sol. 

 

DEFIXA® 

Para prevenir e suprir as carências de vitamina D, a Kress indica o suplemento alimentar Defixa®. Seu principal componente, a vitamina D3 (colecalciferol), auxilia no fortalecimento do sistema imunológico e regula os níveis de cálcio e fósforo no sangue, indispensáveis para a formação de ossos e dentes saudáveis.  

Mais detalhes sobre o produto, você encontra clicando aqui. 

 

Achou esse texto importante? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas se informem. 


Os comentários estão desativados.

Compartilhe: